Ageless: a nova tendência de mulheres com atitude

Mulheres com atitude independentemente da idade — essa é a essência da tendência ageless, um novo conceito que estimulou as mulheres da terceira idade a declarar amor por si mesmas e determinar seu lugar no mundo. A moda tem total relação com essa tendência — por meio dela, essas mulheres se comunicam, criam estilos e referências a serem seguidas por tantas outras que se acham velhas e improdutivas.
Neste post, vamos explorar o conceito de ageless e trazer exemplos de mulheres que são ícones e referências mundiais quando o assunto é o empoderamento na terceira idade e a importância de valorizar as características naturais!

Ícones da tendência Ageless

Toda tendência começa de uma possibilidade ou de um exemplo. No caso da ageless, muitas mulheres que já passaram dos 50 ou 60 anos têm uma bagagem vasta e compartilham experiências sobre beleza, autoconhecimento, bem-estar, saúde e moda! Algumas mulheres se tornaram ícones com seguidoras no mundo todo — entre celebridades, profissionais de mercado ou donas de casas que já não sentiam prazer em se ver bonitas no espelho.

Iris Apfel

A americana Iris Apfel é pura inspiração — aos 96 anos, é uma mulher famosa no mundo da moda desde os 80 anos. Dona de uma personalidade impactante, costuma usar acessórios, roupas com estampas e cores para compor o seu look. Além de ícone da moda, Iris é também empresária e designer de interiores.

Daphne Selfe

Modelo profissional de 91 anos, Daphne Selfe já fotografou para Dolce & Gabanna, Nivea, Eyeko, Olay e Gap. Ela compartilha com milhares de seguidores no Instagram o seu dia a dia e o seu estilo de moda.

Jenny Kee

Aos 72 anos, a designer de moda australiana, Jenny Kee, é referência no seu país e adepta dos desenhos coloridos. Também compartilha no Instagram a sua rotina criativa.

Carolyn Murphy

A supermodelo americana de 46 anos, Carolyn Murphy, mostrou ao mundo o poder e o estilo das mulheres maduras ao estampar em 2017, a capa da revista Vogue America. Ela que foi uma referência das passarelas na década de 90, abre a representatividade da mulher madura e bela depois dos 40.

Importância de valorizar as características e os traços naturais

As mulheres podem ser belas em todas as fases da vida. É fundamental valorizar cada uma delas e respeitar os traços formados naturalmente ao longo da jornada. Vale a pena conhecer o mundo, testar estilos e produtos, apostando naquilo que faz bem e a deixa feliz. A tendência ageless fortalece a ideia de que o envelhecimento só chega para quem deixou de lado a vontade da vida e não cria planos para sonhar e realizar — afinal, nunca é tarde para descobrir e redescobrir sua beleza rara. Se você gostou deste post e acha que o conteúdo pode impactar outras mulheres e estimular a busca pela própria essência, compartilhe nas suas redes sociais para que todas elas se inspirem a entrar nessa jornada! 

Você também pode se interessar…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This