Moda e autoestima feminina: qual o poder dessa relação?

A autoestima feminina apresenta diversas nuances ao longo da vida e pode oscilar entre picos muito elevados de amor-próprio e uma completa falta de apreço pela própria imagem ou realizações.
Mas o que pode acarretar esse sentimento dividido nas mulheres? São muitos os contextos nos quais elas estão inseridas — social, profissional, familiar — e isso acaba se tornando uma carga complicada que afeta o modo de ser, se comportar ou até mesmo se vestir.

Neste post, vamos explorar o universo da moda, relacionar com a autoestima feminina e analisar como ela pode influenciar positivamente. Trazemos dicas importantes para mostrar às mulheres que elas devem ser autênticas e seguir um padrão representativo de sua essência!

A relação entre moda e autoestima feminina

A moda sempre esteve presente na vida das mulheres, com maior ou menor intensidade, sendo um fator determinante para a autoestima — pois os padrões sociais estabeleceram em muitos anos, critérios para definição de gostos sobre o vestuário e o comportamento.
Algumas roupas causam grandes impactos e outras são basicamente algo para cobrir o corpo. Descobrir esse valor e agregar a personalidade para criar um estilo próprio é o desafio enfrentado pela maioria das mulheres.
O poder feminino nem sempre está em uma roupa, mas a composição da imagem perpassa o ambiente dos guarda-roupas e closets — um compromisso pode se tornar um grande acontecimento ou uma lástima completa se a mulher não se sentir bem dentro do “figurino” escolhido para a ocasião.

Dicas para melhorar a autoestima por meio da moda

Mesmo sendo um mercado que fomenta a economia, é possível usar a moda a seu favor. Não raro, vemos mulheres com o armário repleto de roupas e a plena convicção de nada ter para vestir.
É o momento de voltar os olhos para dentro de si mesma e identificar uma personalidade. Talvez, você precise desconstruir muitas convicções para dar lugar a uma nova mulher — mais autêntica e dona de um estilo que não se compra nas lojas.

Que tal algumas dicas para usar a moda como uma ferramenta de melhoria da autoestima e incentivo de descobertas?

Desenvolva o autoconhecimento

Esse é um passo importante para dar início a uma jornada de ressignificação da própria imagem. Conhecer-se é entender os limites do próprio corpo e como a alma corresponde ao que vê.
Durante muito tempo, as mulheres ocuparam um lugar de silêncio e subserviência, contudo, agora, têm a oportunidade de dizer ao mundo o que pensam, o que sentem e como desejam ser tratadas.
Esse é um posicionamento que pode ser representado pela moda e reflete em diversos momentos — uma festa, uma entrevista de emprego, um encontro, uma reunião entre amigos ou família. Sentir-se bem consigo mesma em cada um desses eventos deve ser a prioridade.

Explore possibilidades

As roupas, com suas cores e texturas, causam sensações e reflexões que vão do receio à admiração e até ao empoderamento. Muitos tecidos são verdadeiras inspirações para mudar ou reconhecer um estilo.
São muitas as possibilidades, ou seja, você deve explorar cada uma delas para se encontrar de uma maneira agradável e libertadora. Existe dentro de cada mulher uma versão única e forte, que precisa de algum estímulo para se colocar em evidência.

Respeite as próprias vontades

Você não precisa vestir algo só porque está na moda ou parece ser o correto. A autoestima deve ser preservada de todas as formas e não importa o quão estranho o seu modo de vestir pode parecer para as pessoas — respeite sempre as suas vontades.
É claro que o bom senso é um aspecto que não pode ser negligenciado pelo fato de alguns compromissos exigirem determinado tipo de roupa. Você não vai comparecer a um casamento de pijama, mas é possível aliar conforto e beleza sem precisar usar um vestido cheio de plumas se esse não for o seu estilo.
Ter uma autoestima feminina elevada traz muitos benefícios, como satisfação, motivação e bem-estar. Procure sempre encontrar esses elementos dentro de si mesma e faça da moda uma aliada dentro dessa jornada.

Gostou do post? Compartilhe nas suas redes sociais e permita que outras mulheres incríveis como você descubram que autoestima e moda podem andar juntas e formar um time poderoso!

Você também pode se interessar…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This